Menu fechado

Capacitação em “Mapeamento Participativo para o Empoderamento Comunitário”

Foi realizada em agosto de 2020 uma capacitação em Mapeamento Participativo para o Empoderamento Comunitário, para integrantes da instituição Redes da Maré, Rio de Janeiro.  A capacitação foi realizada online, em 4 encontros semanais, e abordou desde os conceitos básicos do mapeamento participativo até mesmo a iniciação de mapeamento no Software QuantumGIS. As aulas foram gravadas permitindo aos participantes assistir novamente, ou em um horário mais adequado às suas rotinas.

O maior objetivo desta capacitação é proporcionar a compreensão de um método participativo e inclusivo, que pode ser utilizado amplamente em projetos socioambientais, especialmente aqueles promovidos por instituições que atuam em comunidades e bairros vulneráveis, e precisam do engajamento comunitário em seus projetos, para construir um plano de bairro, por exemplo.  Inúmeras aplicações podem ser vislumbradas.

É objetivo da capacitação também, apresentar ferramentas possíveis de serem utilizadas, com ou sem recursos tecnológicos. É possível desenvolver mapeamento participativo apenas com papel e lápis. A capacitação também oferece uma parte prática, onde são apresentadas ferramentas online para mapeamento e o básico do software de geoprocessamento QuantumGIS. A proposta é mostrar as ferramentas de uma forma prática, para já permitir a criação de um banco de dados no QGIS e sua integração com dados participativos. Assim, o aluno já sai com ferramentas e métodos prontos para serem colocados em prática.

A essência do curso é apresentar ferramentas participativas para construir vínculos de confiança com os participantes do processo e para coletar as percepções deles sobre o meio onde vivem, através do mapeamento, uma ferramenta flexível, inclusiva e que facilita o engajamento. É uma ótima oportunidade para agentes e lideranças comunitárias, integrantes de ONG´s, instituições e profissionais que queiram adquirir este conhecimento para aplicar de forma prática em seu trabalho, para um melhor reconhecimento territorial e engajamento social. Além disso, os produtos gerados com o mapeamento podem ser utilizados como material didático, cartilhas, produtos informativos para a comunidade e até mesmo para disseminação de conteúdo, solicitação de demandas, entre outros.

Para saber mais sobre a capacitação, entre em contato: carvalhocm@gmail.com

Deixe uma resposta